segunda-feira, 6 de agosto de 2012

PRADO VERDE





PRADO VERDE

Como o prado é verde...
Verde com salpicos aqui e ali...

Mas o todo é sempre verde...
E o olhar corre toda a extensão...
E fico a ver o verde o tal verde...
Que nos dá liberdade...
Que nos mostra esperança...
Que nos deixa que o infinito seja verde
E deixa que os olhos continuem...
A olhar e continuem a amar!...

LILI LARANJO



PRADO VERDE

Como el prado es verde...
Verde con salpicaduras aquí y allí...

Pero el todo es siempre verde...
Y la mirada recorre toda la extensión...
Y me quedo mirando el verde, el tal verde!...
Que nos da libertad...
Que nos muestra esperanza...
Que nos deja que el infinito sea verde
Y deja que los ojos sigan
Mirando y continúen a amar!...

Poema de Lili Laranjo
Traducción de Joaquín Duarte
 

88 comentários:

Leninha disse...

. ..e deixa o olhar correr,e deixa o sentimento brotar,a alma a esperar por aquilo que o verde nos promete...

Bjssssss,
Leninha

Lilá(s) disse...

É o verde da esperança, sempre...
~Bjs

Tata Ribeiro disse...

liiiindo demais!!!
:D!!!

beijoconas.
uma semana maravilhosa pra ti viu.
http:/umacenapordia.blogspot.com

Flor de Jasmim disse...

Lili
Que esse verde não tenha fim.
continuemos então a ver sempre esse verde.
Boa semana.

Beijinho e uma flor

ricardo alves disse...

vejo este poema como uma linda homenagem ao nosso planeta...azul visto dos céus...verde para quem está aqui!

Manuel disse...

És magnifica, deixas um belo poema e, ao mesmo tempo, uma grande mensagem de esperança.
Vamos cobrir esse verde de glória.
Um beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Carolina disse...

Lili, maravilhosa poesia unida a esta nostalgica musica. Que sus campos sempre estejan verdes, un abrazo grande!

Andradarte disse...

E mais verde se tornará....!
Beijo

AFRICA EM POESIA disse...

LENINHA

Com o prado verde
o coração sente a pureza da vida...

um beijinho

Prado Verde

Como o prado é verde...
Verde com salpicos aqui e ali...

Mas o todo é sempre verde...
E o olhar corre toda a extensão...
E fico a ver o verde o tal verde...
Que nos dá liberdade...
Que nos mostra esperança...
Que nos deixa que o infinito seja verde
E deixa que os olhos continuem...
A olhar e continuem a amar!...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

Lilas
O Verde e o lilás conjugam muito bem beijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

Tata
Para ti um fim de semana cheio de luz
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Flor de Jasmin


beijos e adorei ver-te.

AFRICA EM POESIA disse...

Ricardo
um beijo
e o verde sempre com fundo

AFRICA EM POESIA disse...

Manuel
eu queria que a esperança fosse realidade.


vamos esperar

beijos

AFRICA EM POESIA disse...

CHANa
para ti...outro beijo


volta sempre.

AFRICA EM POESIA disse...

Carolina
um besito e muita saudade

AFRICA EM POESIA disse...

Andradarte

saudades e é bom ver-te aqui
neste verde um beijinho para ti...

Leninha disse...

Minha querida Lili,

Obrigada pela homenagem,teu poema é um canto de esperança.
Parabéns pela beleza...sempre.
Bjssssss,
Leninha

Rita disse...

Bom dia!!

Lindo de ler e gostar, que esse verde
continue fazendo parte das belas postagens, eu adorei
Deixo um abraço carinhoso
Bjuss
Rita!!1

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Fez-me lembrar Lorca,em seu "Verde que te quero Verde"...
Além da esperança,o lido verde nos oferece paz, harmonia, amor....Que belo poema. Obrigada, pelo carinho.

Beijos, com afeto,
da Lúcia

Aikatherine disse...

sydämessäni on vihreä huone, hiljainen laulu ja ruohon tuoksu kukkia sormilla. Maailma laulaa: Rakastan vihreitä niittyjä sydämeni. Taivas värähtää, pilvet tanssivat ja laulavat: rakasta . Herään - Tahdon nukkua uudelleen, maailma on veren punainen, pelästyn, kuin lapsi pakenen äidin syliin. Äiti Maa! Anna meille rauhaa. terveisin aikatherine

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde Amiga
Vim agradecer a sua linda presença no meu cantinho e desejar todo do melhor para voce.
abraço amigo
Maria Alice

AFRICA EM POESIA disse...

AiKaterinne

veit að ég elskaði sem ég elska grænt ...
grænn er það sama ró og fegurð í loftinu skilur loftinu og líka of Love
   fyrir þig faðmlag og koss espero.a alltaf hér í hjarta þínu

Magia da Inês disse...

°º♡
°.¸♡
º° ♫♡彡° ·.
Olhar para uma paisagem como esse é colírio para os olhos e alento para o coração.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
•.¸¸°♡彡°¸¸.•

Maria Rodrigues disse...

Hoje divaguei, nas asas da poesia por este maravilhoso prado verde.
Bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

SOL da Esteva disse...

Um prado verde apazigua a Alma e trás a Paz e a Esperança se associa.
Deixas-nos um Poema que nos transporte além do horizonte.
Lindo.


Beijos


SOL

Duarte disse...

PRADO VERDE

Como el prado es verde...
Verde con salpicaduras aquí y allí...

Pero el todo es siempre verde...
Y la mirada recorre toda la extensión...
Y me quedo mirando el verde, el tal verde!...
Que nos da libertad...
Que nos muestra esperanza...
Que nos deja que el infinito sea verde
Y deja que los ojos sigan
Mirando y continúen a amar!...

Poema de Lili Laranjo
Traducción de Joaquín Duarte

Duarte disse...

Amiga, el verde es un todo, VERDE.
Desde un campo de trigo, hasta un campo de fútbol. Hasta la bandera nacional lleva el verde!
Que forja esperanzas, aun que nunca lleguen.
Pero me ha gustado lo del PRADO.
Te abrazo, fuerte.

Rosalina Herai disse...

É maravilhoso...O verde é o bálsamo na alma. Amei! Bju

AFRICA EM POESIA disse...

Duarte

Gracias por tu cariño.

un besito

AFRICA EM POESIA disse...

Lucia
feliz por te ver
fico a esperar que venhas
um beijo grande

AFRICA EM POESIA disse...

Lucia
feliz por te ver
fico a esperar que venhas
um beijo grande

La sonrisa de Hiperión disse...

Siempre estupendo los versos que nos dejas.

Saludos y un abrazo.

Carla Fernanda disse...

Lili,
Trago para vc um sorrido e um abraço dobrado
:D :D
\0/ \0/

A novidade agora é a inha página no face: Para curtir:
http://www.facebook.com/AmorAcordadoBlog?ref=hl
Passa lá para o almoço do dia dos pais...kkk

Beijos!!

Carla Fernanda disse...

Lili,
Trago para vc um sorrido e um abraço dobrado
:D :D
\0/ \0/

A novidade agora é a inha página no face: Para curtir:
http://www.facebook.com/AmorAcordadoBlog?ref=hl
Passa lá para o almoço do dia dos pais...kkk

Beijos!!

Nilson Barcelli disse...

O verde é a cor que eu mais gosto na natureza.
No futebol é que não, é o vermelho. Encarnado, aliás...
Lili, querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

Graça Pereira disse...

Nós gostamos do verde...é ponto assente! Mas o verde em poesia, é das coisas mais bonitas que tu cantas.
Mil beijos.
Graça

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Lili

Um belo poema de esperança, como a cor dessa imagem linda.

Um beijinho com carinho
Rosita

Hánjel disse...

Verdes son tus versos,
verdes por su luz,
verdes por su sentir,
verdes por hermosos
y verdes mis felicitaciones por ellos

Hánjel

AFRICA EM POESIA disse...

Leninha
vim deixar o meu beijo

e volta sempre.

AFRICA EM POESIA disse...

Leninha
vim deixar o meu beijo

e volta sempre.

AFRICA EM POESIA disse...

rita
só agora<parei para te deixar um beijinho

Amiga volta sempre...

AFRICA EM POESIA disse...

Lúcia
O verde é mesmo verde é uma cor linda para ser...cantada


um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Mª Alice
vim deixei um beijo e vou a correr ao tu espaço.

AFRICA EM POESIA disse...

Magia da Inês
Para ti a magia do meu verde...

PRADO VERDE

Como o prado é verde...
Verde com salpicos aqui e ali...

Mas o todo é sempre verde...
E o olhar corre toda a extensão...
E fico a ver o verde o tal verde...
Que nos dá liberdade...
Que nos mostra esperança...
Que nos deixa que o infinito seja verde
E deixa que os olhos continuem...
A olhar e continuem a amar!...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

Maria
E foi mesmo bom ver.te caminhar por este prado verde...
matei saudades


um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Sol
Para ti um beijo neste verão envergonhado...

AFRICA EM POESIA disse...

Duarte

Poucas palavras mas muito sentir .
Te quiero

um besito

AFRICA EM POESIA disse...



Rosalina
Como tu acho o verde a maravilha do espaço
o mundo sem verde não seria mundo


beijos

AFRICA EM POESIA disse...



Rosalina
Como tu acho o verde a maravilha do espaço
o mundo sem verde não seria mundo


beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Hiperion
gracias por tu visita<
te esperava.

besitos

AFRICA EM POESIA disse...

CARlinha
vou passar na tua página do face

um besito

AFRICA EM POESIA disse...

Nilson
O verde é tranquilidade encanta-me o verde tu sabe...

um beijinho com muita magia....

AFRICA EM POESIA disse...





Nilson
O verde é tranquilidade encanta-me o verde, tu sabe...

um beijinho com muita magia....



PRADO VERDE

Como o prado é verde...
Verde com salpicos aqui e ali...

Mas o todo é sempre verde...
E o olhar corre toda a extensão...
E fico a ver o verde o tal verde...
Que nos dá liberdade...
Que nos mostra esperança...
Que nos deixa que o infinito seja verde
E deixa que os olhos continuem...
A olhar e continuem a amar!...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

Gracita

o verde é Magia

para ti um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

rosa maria
foi bom ver-te por aqui beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Hámgel
gracias por tu visia
tus palabras guapas
me encantó ler.te
um besito e mi poema...

AFRICA EM POESIA disse...

Hámgel
gracias por tu visia
tus palabras guapas
me encantó ler.te
um besito e mi poema...

AFRICA EM POESIA disse...

Hámgel
gracias por tu visia
tus palabras guapas
me encantó ler.te
um besito e mi poema...

O Profeta disse...

Tão triste nasceu hoje o Verão
Tão agreste sopra este colérico vento
Tão molhada está esta verde terra
Tão cinza está um coração em desalento

Mentem os que disserem que perdi a Lua
Os que profetizaram o meu futuro de luz
Mentem os que acharam que não me visto de sentimento
Os que acham que apenas a mentira seduz

Acolhi no olhar todas as coléricas vagas que alcancei
Abracei uma roseira e senti o golpe dos espinhos
Senti o aroma errante das hortênsias
Numa viagem por sete caminhos

Bom fim de semana

Doce beijo

Vanuza Pantaleão disse...

Belíssimo poema, Lili. O verde é a cor dos cabelos da Mãe Terra. Viva o verde!
Ótimo final de semana!Beijinhos...

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Mi querida Lili, gracias por acordarte de mi.
Tu verde calo en lo más hondo. Nos da esperanza, ver y verte a ti con ese color que nos da vida.
Con ternura
Sor.Cecilia

migalhas disse...

ola , vi o seu comentário num outro blog e saí correndo para o seu blog, vendo seu magnifico espaço, adorei imenso, mas tenho um convite para fazer, se voce gostar de poesia venha visitar e dar a sua opinião aos meus poemas http://assombrado-mc.blogspot.com

Magia da Inês disse...

♡¸.°.¸♫♫♪

Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
♡彡♫♪°.¸.•°`

Santa Cruz disse...

Lily: Gostei que esse prado seja sempre verde que é a cor da esperança que este meu lindo País bem bem precisa de esperança para ver se as coisas melhoram.
Beijos
Santa Cruz

Luiz Filho de Oliveira disse...

Lili, esse verde, certamente, tem o tom de Sporting. Meus cumprimento pelo blog interessante: poesia, amizade, futebol. Que bom! Temos muito em comum. Sigo-a agora e espero sua visita. Até mais páginas.

Leninha disse...

Muito bom ser tua amiga,Lili!!!
Bjssssss,
Leninha

AFRICA EM POESIA disse...

Leninha

a Amizade é algo muito belo

para ti

um beijo

AFRICA EM POESIA disse...


luis tudo verdinho

um beijo grande

AFRICA EM POESIA disse...

santa Cruz
meu amigo
A Esperança vai sair vencedora vai passar o mau tempo.
Deus não abandona quem o ama.
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

santa Cruz
meu amigo
A Esperança vai sair vencedora vai passar o mau tempo.
Deus não abandona quem o ama.
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

santa Cruz
meu amigo
A Esperança vai sair vencedora vai passar o mau tempo.
Deus não abandona quem o ama.
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Magia da Inês
com muito verde um beijo doce-

AFRICA EM POESIA disse...

Magia da Inês
com muito verde um beijo doce-

AFRICA EM POESIA disse...

migalhas
já vou...


beijos

Rita disse...

Deixar um elogio pra vc é tudo de bom
Visitar e ver coisas mais que divinas
faz bem para nosso dia
Abraços com carinho
Rita!!!!

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Lili!

Por várias razões, entre elas uma hérnia que por descuido maltratei ...tenho estado daqui ausente.

Quanto ao encontro com a Lindalva, e se tudo estiver bem comigo, lá estarei com todo o gosto;
em data mais próxima, direi algo de mais definitivo.

Beijinhos; fica bem.

Vitor

Evanir disse...

Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Lindo final beijos no coração,Evanir.

Evanir disse...

Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Lindo final beijos no coração,Evanir.

Evanir disse...

Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Lindo final beijos no coração,Evanir.

Manuel disse...

Daqui deste recanto onde me encontro (de férias) um beijo para quem sabe sofrer sem perder a esperança.

Rita Freitas disse...

Que o nosso planeta mantenha o verde de poema tão bonito :)

Beijos

David C. disse...

Bonito poema.
Saludos
David
http://observandocine.com/

Elisa T. Campos disse...

Lindo Lili

E o verde de seu poema dá a sensação de esperança de olhar salpicando aqui e ali um prado verdejante de amor.

Um lindo dia
Bjs

Artes e escritas disse...

Os horizontes nos prados são infinitamente verdes e azuis nessa linha imaginária que permeia a felicidade. Um abraço, Yayá.

Duarte disse...

Desejo que estejas bem, noto-te algo dispersa!
Abraço amigo e um mimo

AFRICA EM POESIA disse...

Duarte
meu amigo


está tudo bem, mas ando...assim...
fim de semana fui até Santiago de Compostela. depois...perdi a máquina fotografica e estava em Valença numa loja hoje fui lá buscá-la..tenho um livro quase acabado e nem isso me faz sentar aqui e trabalhar...

2º feira começam as aulas e tenho que deixar de passeio.. mas sabado vou à Castelo Branco jantar das mulheres sportinguistas.
e agora para ti... um beijinho...

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado