domingo, 13 de dezembro de 2009

HOJE



HOJE


Hoje ...
Caminhei pela rua ...

Vi luzes ...
Vi fantasia ...
Vi muitos embrulhos ...

E pensei ...

É Natal ...

Segui e continuei ...
A ver luzes ...
A ver fantasia ...
A ver presentes ...

Mas ...

Não vi Natal ...
Não vi Jesus ...
Não vi Maria ...
Não vi José ...

Não vi o principal ...
Senti o esquecimento ...

Da união ...
Da Família ...
Do Amor ...

E continuei a caminhar ...

E vi bolos ...
E vi iguarias ...
E vi beleza ...

E gostei de sentir ...
O cheirinho de Natal ...

Mas ...
Continuei a caminhar ...
E a pensar ...

Natal,
Será de todos?

E vi logo que não ...
Milhares de crianças ...
Milhares de homens ...

Nesta vida ...
Nunca saberão ...

O que é ser Natal ...


LILI LARANJO

50 comentários:

Angelino disse...

Lili...
Sem dúvida,quantas mulheres,crianças e homens alguma vez irão saber o que é Natal.
É triste mas é a verdade nua e crua do Mundo atual em que vivemos.
Um beijinho.
Angelino.

Mundo Animal. disse...

BUENAS NOCHES QUE LINDA ENTRADA QUE TENGAS UNA SEMANA GENIAL ABRAZOS DE TU AMIGO CHRISSSSS

Rosemildo Sales Furtado disse...

É minha amiga, realmente tens mais do que razão. Da maneira que as coisas vão, jamais saberão. Somente vão saber, no dia em que o homem se conscientizar de que todos somos irmãos e temos os mesmos direitos e deveres, no dia em que o homem deixar de ser egoista e se lembrar que tem o dever de ser solidário com seus semelhantes.

Beijos,

Furtado.

angela disse...

Muitos não sabem o que é Natal e muitos não sabem o que é ser Natal.
Bonita distinção e bom lembrar do principal desta festa. O aniversariante e tudo o que ele significa.
beijos

Fatima disse...

Tão verdadeiro seu poema minha amiga!
Ótima semana para vc.
Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente Lili, Natal não é só luzes, é principalmente o amor ao próximo a solidariedade.
Beijos

Sonia Schmorantz disse...

Sâo doces palavras de Natal, harmonizam-se com este espírito de amor que anda no ar! A imagem também é linda demais!
beijo

Graça Pereira disse...

Poema tão cheio de verdade..por mais luzes que a cidade ofereça, nem todos têm Natal. A solidariedade e a partilha perderam-se nas brumas do tempo...Como em Belém as portas fecham-se a quem precisa de acolhimento. A resposta é sempre a mesma: Não há lugar!!
Que o teu poema sirva para avivar consciências adormecidas.
Um beijo cheio de carinho.
Graça

Beto Brandão disse...

O PADRE, A MOÇA

7.

Quando lhe falta o demônio
e Deus não o socorre;
quando o homem é apenas homem
por si mesmo limitado,
em si mesmo refletido;
e flutua
vazio de julgamento
no espaço sem raízes;
e perde o eco
de seu passado,
a companhia de seu presente,
a semente de seu futuro;
quando está propriamente nu;
e o jogo, feito
até a última cartada da última jogada.
Quando. Quando.
Quando.


Carlos Drummond de Andade - Lição de Coisas - Ato

Andradarte disse...

Cabe a cada um de nós participar
no Natal de cada um.
Feliz Natal para si.
Beijo

Fatyly disse...

Sem qualquer dúvida e a tua mensagem deveria fazer parte de todos nós...
Gostei imenso!

Beijos

Nikkita disse...

Que tristeza me ha dado hoy Lili, porque es muy real. Ojala todos los hombres y sobre todo niños supieran lo que es.
Espero que ya estes recuperada.
Muchos besos.

Silvia disse...

Que tristemente verdade! Aqui, encontra-se tudo, tudo, menos Jesus, Maria e Jose! So negocio, o Natal. O Amor na nossa casa, porem, nao se esquece!

manuel marques disse...

E no entanto poderia ser sempre que nós os quisese-mos.

Abraço.

alegria de viver disse...

Querida amiga
O Natal sempre será o mesmo, as pessoas é que precisam perceber.
Com muito carinho BJS.

AFRICA EM POESIA disse...

Angelino

Este é o nosso mundo tão real e tão desigual pelo menos na poesia grito esta dor...

um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Cris


Que tenhas um Feliz Natal
Um beijo

serpai disse...

LILI,OJALA HAYA EN ESTA VIDA GENTE COMO TÚ O YO...QUE INTENTAMOS SABER QUÉ ES REALMENTE LA NAVIDAD....Y QUE CUANDO CAMINEMOS POR LAS CALLES RESPIREMOS ESE ESPIRITU QUE TAN BIEN HUELE PARA ESTAS FECHAS,SIMPLEMENTE PORQUE ESTÁ IMPREGNADO DE AMOR.

TE DEJO CARIÑOS.

SERGIO

AFRICA EM POESIA disse...

Furtado

Podemos não fazer nada mas pelo menos interrogamos quem nos ler.um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Angela o brigada por gostares
É a magia do meu livro.
um beijo

Nova Civilização disse...

Olá Lili,

mais uma bela poesia. E infelizmente olhando para atualidade nos pegamos no meio a tanta materialidade e pacotes que muitas vezes visam apenas o papai noel e o verdadeiro presépio fica esquecido.
Que o Natal se faça todos os dias dentro do nosso coração pela presença do nosso Deus vivo !

beijinhos,

Gisele

Maria Emília disse...

É pena, muita pena que o Natal não seja para todos. É pena, muita pena, que se tenha perdido o verdadeiro sentido do Natal.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Chica disse...

Lindo e profundo teu poema e muito verdadeiro.Muitos não sabem e nem percebem que podem ter o Natal , que deve ser AMOR, dentro do coração.beijos, FELIZ NATAL ,chica

"re" disse...

Nobre Poetisa

Para mim a festa de Natal, foi e sempre será um data melancólica. Fico triste quando vejo algumas pessoas se esforçando para comprar presentes, arrumar a casa, enquanto outras, não tem nem mesmo o que comer. Sei que trata-se de uma questão social, mas isto sempre me incomodou. Depois que perdi a minha mãe a melancolia aumentou e sinto menos motivo para festejar a data. O verdadeiro sentido da festa que deveria ser o de SOLIDARIEDADE ENTRE AS PESSOAS fica completamente esquecido.
FIco triste nol, porque nesta época se faz um apelo consumista muito grande, onde as pessoas esbajam dinheiro, se enchem de presentes, mas enquanto isso, os pobres continuam na rua, passando fome, INFELIZMENTE!
Dai o natal perder totalmente o sentido. Definitivamente, não deveria existir Natal.

Besos

Maria João disse...

Lili...

O Natal, o verdadeiro Natal habita no coração dos Homens. Se ele não mora lá, é difícil encontrá-lo..
E cada vez é mais!

Um beijinho muito grande pelo teu poema.

Dulce disse...

Lili

Dificil, nos dias de hoje, definir o que é Natal... Festa de luz e cores para uns, reunião familiar para outros, época de frustração para muitos... a maior data da cristandade adquiriu muitas faces... Há até os que nem se lembram que é, antes de tudo, um dia para se comemorar o aniversário Dele...
Mas continua a ser um tempo de amor, encanto, magia...
Como sempre, lindos os seus versos.
Beijos

BC disse...

Lindo...muito lindo e muito real este poema Lili!!!
Onde está o verdadeiro Natal???
Fica a pergunta.
Beijinhos

Leonor disse...

Olá Lili ,nem tenho vindo ver o seu blog com a linda poesia ,mas tenho tido o meu marido doente .
Vai ao medico dia 23 de dezembro para ser operado ao estomago.

Parabéns pela sua poesia ,de facto num mundo tão dividido em todos os sentidos ,festejarem natal enquanto que existem pessoas a dormir na rua .
quando será que o mundo vai entender ,e se preocupar com os mais carenciados ? beijinhos Lili ,eu depois vou dando noticias .

AFRICA EM POESIA disse...

fatima
Sesoubermos Amar temos se4mpre Natal
um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Wanderley

por isso eu chamei ao meu livro...Magia de Natal

um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Graça
O mundo é bem cruel
as portas estão sempre fechadas ninguém quer ajudar o que precisa.
esta é a realidade

beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Beto
obrigada pela poesia
Obrigada por dizeres o que é bem verdade.
Um beijo e Vai passando popr aqui.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Andradarte

Aqui vamos andando Sentimos a corrida louca ...
O Natal está aí e os presentes também...mas...vamos pararum pouco para viver a festa da família...



um beijinho para ti...

AFRICA EM POESIA disse...

fatyly
a MINHA POESIA E O MEU GRITO TAMBÉM É O TEU... BEIJOS

AFRICA EM POESIA disse...

Nikkita


A vida és mui dura tu sabes.. Agora não há holocausto mas á desigualdade,fome e sofrimento
Para ti

Um beijo grande meu amigo

AFRICA EM POESIA disse...

Silvia
minha amiga
Pelo menos em nossas casa a família está e vive este dia de mamneiramuito forte.
para ti...
felis Natal

AFRICA EM POESIA disse...

Manuel
e temos que querer...

o natal é Amor e nós smos Fortes e Unidos


BEIJOS

AFRICA EM POESIA disse...

Rufina
as pessoas precisam de mudar.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Serpai
com um beijinho para ti...

e com a certeza que sabemos para onde vamos e oque queremos


UNIÃO


Vamos dar as mãos...
Vamos juntar-nos...
Vamos pensar...
No nosso irmão...

Vamos unir-nos...
E pensar...

Que se cada um...
Deixar amar...
O coração...
De uma criança

Será outra vez Natal...

LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

GISELLE
Vivamos esta poesia pois merece ser lida..
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

GISELLE
Vivamos esta poesia pois merece ser lida..
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Emilia
feliz por te ver aqui,

o meu livro mostra o lado de lá do Natal.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Chica
Minha amiga
pelo menos nós vivamos o Natal com partilha
beijos

AFRICA EM POESIA disse...


Mas infelismente o natal é quase sempre a febre dos presentes.
beijos

AFRICA EM POESIA disse...

maria Joao


Um beijo e vamos olhar o Natal de uma maneira diferente

AFRICA EM POESIA disse...

maria Joao


Um beijo e vamos olhar o Natal de uma maneira diferente

AFRICA EM POESIA disse...

Dulce

é bom sentir os corações a bater e sentir que as pessoas sabem onde está o Amor.

beijos

AFRICA EM POESIA disse...

ISABEl
Essa é a pergunta quer muitos fazem
Onde estará a resposta?


beijos

AFRICA EM POESIA disse...

LEONOR
Fico à espera.

Um beijo

Tite disse...

É isso querida Lili.

Também já começo a ficar incomodada com o esbanjamento de uns e a carência de outros.

É tudo muito injusto e nós sem condições de ajudar... a sério.

Beijossss

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado