quinta-feira, 20 de agosto de 2009

DE MANSINHO



DE MANSINHO


Entro de mansinho...
Sou pedra, sou caminho...
Entro e sinto o teu andar...
Que me deixa sonhar...

E sonho com o teu amor
E sinto o teu pisar...
Pisar com leveza...
Como me querendo beijar...


E ao beijar, sentes que estou...
E devagarinho volto a caminhar...
E pisando e andando...
Sinto que me vais amando...

E tu pedra, no caminho...
Sentes a força do meu caminhar...
E sabes que quando me tocas...
Me deixas novamente andar...



LILI LARANJO

77 comentários:

tristania disse...

Bela poesia. Você escreve bem.

simplesmenteeu disse...

O passo e o caminho
O pé e a pedra
O beijo e o toque

Tudo num sonho e por um sonho...

Gostei muito

Um beijo

Maria José disse...

Obrigada Africa em Poesia. Todas estas palavras incentivadoras postadas em meu blog, só me fazem ficar mais feliz e tenho a certeza de que Marcela também as está ouvindo e sentindo-se feliz também. Obrigada e beijos.

RosanAzul disse...

Lindo versejar Lili!! Parabéns!
Te desejo uma bela quinta!
Fica o convite para o outro blog!!http://rosanasouzanasasasdoanjoazul.blogspot.com/
meu carinho, RosanAzul

RosanAzul disse...

Lindo versejar Lili!! Parabéns!
Te desejo uma bela quinta!
Fica o convite para o outro blog!!http://rosanasouzanasasasdoanjoazul.blogspot.com/
meu carinho, RosanAzul

Wanderley Elian Lima disse...

Mais uma vez Lili, um belo poema para nos encantar.
Beijos

Sidney Ramos disse...

Olá Lili, que belo testemunho de amizade, amor e companheirismo.
O amor é assim faz a gente falar em nome dos dois.
Faz o sorriso ficar ainda mais bonito.

angela disse...

Lili querida

Bonito esse amor entre os pés e as pedras que produzem o andar.
Muito leve esse poema.
Como foi sua ida ao médico na terça?
beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

É sempre gratificante passar por aquí e nos deliciar com belos poemas.

Beijos,

Furtado.

Isabel Preto disse...

Sempre reconfortante, ler-te!
Passei para matar saudades e adorei este poema, em que a "pedra" se combina e une inteiramente com o caminhante.
bom descanso, aí por casa, onde estou também de férias.
Beijos.

Val Du disse...

Pedras, caminho... caminho de pedras.

A vida que se faz presente.

Teu blog é um presente, cheio de poesias lindas.

Beijos

Poetiza disse...

Bellas lettas amiga. La imgen bellisima, invita a soñar. Gracias por siempr estar, sabes que te espero con Cafe y Poesia, pero descanza primero. Besos, cuidate mucho Lili.

EDUARDO POISL disse...

Que lindo este poema
Abraços

Everson Russo disse...

Belissimo, é um pisar de quem paira sobre nuvens pra encontrar o amor que espera numa pedra...beijos querida, tenha um belo dia...

Tatiana disse...

Lili... impossível não emocionar ao ler a sua poesia!
Ela diz tanto do que sinto...

É muito bom estar aqui!

Beijo com carinho e admiração

Gilson disse...

Lili

Você me surpreende a cada dia, essa poesia é pura arte para nossos ouvidos.
Parabéns.

Letícia disse...

Lindooo *-*

Papoila disse...

De mansinho caminhas neste mundo de poesia:)
De férias mas passei para te ler.
Um beijo
BF

"re" disse...

Nobre Poetiza

Aqui estou, sempre maravilhada com teu talento poético e seus versos que até consigo visualizá-los...mágicos

Para mim é sempre um prazer lê-la.

Un beso

Ana Oliveira disse...

Lili

Como sempre a sua poesia é uma encanto.
Devo confessar que muitas vezes tento entrar no seu blog e não consigo...às vezes até bloqueia de tal forma que tenho de fechar.

Desta vez consegui.

Um beijo

Ana

Mundo Animal. disse...

(* " " *)
( ='o'= )
-(,,)-(,,)-...


saludos desde mundo animalll
Christiannn

TERESA SANTOS disse...

Olá Lili,

Parabéns pelo poema. De facto, as palavras são as nossa maiores aliadas: com elas expomos sentimentos, dores, alegrias...

Não sabia que estava com problemas de saúde. Desejo, sinceramente, rápidas melhoras e que tudo seja ultrapassado rapidamente.

Andei, por aqui espreitando, e vi as lindas toalhas que a Lili mostra através do seu outro blog. Que bonitas! Apetecia-ma tê-las, todas.

Abraço, tudo de bom e obrigada pela visita!

Maria Emília disse...

Há medida que vamos conhecendo as pessoas e mais vamos podendo apreciar o seu passado que as moldou para serem o seu presente, vamos descobrindo as veredas difíceis cobertas de silvados que tiveram que passar. Vim agora do Multiolhares onde li o seu comentário "quando estive a fazer quimioterapia..." e a reacção imediata que tive foi agradecer o facto de nunca ter tido que passar por tamanha prova.
Um beijinho,
Maria Emília

Andradarte disse...

Pisando de mansinho se faz
o caminhar.
Gostei...reli.
Beijo

alegria de viver disse...

QUERIDA
Maravilhooooooosa essa poesia, linda de sentir.
Todo o meu carinho BJS.

AFRICA EM POESIA disse...

Tristania


Gostei de te ver aqui.
A poesia é algo que nos deixa sonhar...
Beijos e volta sempre

AFRICA EM POESIA disse...

Simplesmenteeu

O passo e o caminho
O pé e a pedra
O beijo e o toque...


Contente por gostares deste meu caminhar...
um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Maria José...
avida tem coisas bonitas temos que acresditar Que Deus é Pai e tem algo para nós muito bom.
A Fé Ajuda nesta caminhada...
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

rezanazul
O escrever e ler que a poesia chega aí já me alegra
Vou ver o outro blog

Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Wanderley
A poesia é música para os nossos ouvidos e é...para reflectirmos...


beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Sidney
a amizade é das coisas mais bonitas da vida.
Mas esta vida é muito complicada..
Os Amigos nem sempre são...
para ti,,,Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

angela
As pedras e os pés são uns companheiros inseparáveis...
Mesmo o pisar é Amor.
Para ti...Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

rosemildo
E eu gost muito de te ver passar aqui e ver que o poema te tocou.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Isabel Preto
eu também penso que entre a pedra e o caminhar Há mesmo uma grande cumplicidade...

Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Val Du
a vida pode mesmo ser vida de poesia.
é bom sentir o teu carinho...um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Poetiza
Só para dizer que estou sem muito tempo mas não te esqueço Amanhã vou tomar café contigo.
un besito

AFRICA EM POESIA disse...

Eduardo
as pedras e o caminho são um par que se une sempre.
Um beijo para ti...

AFRICA EM POESIA disse...

Everson
as pedras são pedras.
Mas será que sentem o nosso caminhar?
Não...
Mas podemos divagar...


Um bejãoooooooooo

AFRICA EM POESIA disse...

Tatiana
è isso
As pedras e o caminho é sentido figurado mas...poderia sermos mesmo...nós...
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

GILSON
obrigada mas...tu és um amigo...
Feliz por gostares...
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Leticia
Obrigada minha amiga
espero-te sempre

AFRICA EM POESIA disse...

papoila
Fico feliz mesmo de férias vieste ...
um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Re
Assim ainda fico mais vaidosa...
É bom que me mimes ...

Um beijinho grande

AFRICA EM POESIA disse...

Ana Oliveira
Fico triste por ter dificuldade em entrar pois deve ser do pc.

beijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

Mundo animal

REcebi... os
saludos desde mundo animal

Para ti
un besito

AFRICA EM POESIA disse...

TERESA
Eu gosto de fazer coisas bonitas mas para mim e para oferecer aos amigos... apenaisso
fico feliz quando vejo coisas lindas feitas por mim...
beijinhoss

AFRICA EM POESIA disse...

maria Emilia
A vida por vezes prega-nos grandes partidas...Temos que ter coragem para levar em frente com muita força...
eu estou bem...
Beijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

maria Emilia
A vida por vezes prega-nos grandes partidas...Temos que ter coragem para levar em frente com muita força...
eu estou bem...
Beijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

Andradarte
De mansinho caminhando vamos a todo o lado.
Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

alegriadde viver
Vamos vivendo com muita alegria que assim as pedras estão mais próximas.
um beijo

real republica disse...

"águas das fontes calai
óh ribeiras chorai
que eu não volto a cantar"

Memória de Elefante disse...

as pedras...Quanta generosidade ao relevar-lhe os defeitos da forma. Envolvente,cativante!

Tite disse...

Lili,

Não consegui deixar-te um comentário no teu outro blogue de arte.

Queria dar-te os parabéns pela grande reportagem em Alvalade mas o pop-up dos comentários não aceita nenhuma das minhas identidades nem sequer o meu anonimato.

Pronto!!!!
Vamos esperar um melhor resultado em Florença.

Será que não tens os comentários programados da mesma forma que aqui para este blogue?

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Bonito seu pensamento:realmente cada pedra no caminho é impulso para o próximo passo!!!

Gostei muito!

Beijo!Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Bonito seu pensamento:realmente cada pedra no caminho é impulso para o próximo passo!!!

Gostei muito!

Beijo!Sonia Regina.

AFRICA EM POESIA disse...

Real Republica
Bonito o que vi...
Meu vizinho gostei e espero que venha sempre...


um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Memória de elefante...



Passei pelo caminho saltei pedras e deixo...



Milho


Milho
Milho rei...
Que enche a planície
Verde...
Toda verde...
Porque tu...
Milho...
Milho Rei...
Amarelo e...
Vermelho...
Cobres-te...
De folhas...
Folhas que te agasalham...
E te protegem...
E aí ... vais crescendo
E só adulto...
É que vais deixar
Que as tuas folhas verdes...
Fiquem amarelas...
E deixas que...
Te dispam
Para te poderem ter...




Lili Laranjo

AFRICA EM POESIA disse...

TITE
Estranho
Pois tenho a mesma programação...
mas enquanto não consegues escreve aqui... vou colocar mais fotos...
Em Itália vai ser pior...
Eu "quase "queria ir...
Um rugido bem forte...

AFRICA EM POESIA disse...

Sonia
umbeijo já tinha saudades de a ver por aqui...
recolhi o lindo selo que erncontrei lá...
beijos

Veronica de Nazareth-Noic@ disse...

Lili Querida Amiga...

tenho tentado incansavelmente entrar aqui,mas tem dado erro na página.Agora,depois de muitos e muitos dias abriu,mas sem exageros, levou 10minutos.O que pode ser?
Esse caminho, essa pedra e a sensação do "saber do amor" justifica e gratifica toda demora em chegar. Lindo poema! Saudade.Bjs

Um dia deixaste um recado que tinha um selinho para mim.Já andei atrás,mas não conseguia entrar...nem sei onde, qual, como "pegar"...rsrs...eu quero,sim.

EDUARDO POISL disse...

FELICIDADE!

Quando o vento bater à sua porta,
Abra devagar,
Para deixa-lo entrar
Pense quanto de bom poderá receber,
Se estiver pronto para tal,
Mas as conquistas diárias
Estamos sempre apostando tudo
e a cada recomeço,
Percebemos, o quanto é gratificante,
Estar pôr perto de quem se gosta de verdade,
Sua simpatia,
Corresponde o momento de felicidade
e transborda de alegria
o coração de quem recebe.

(Roseli Alcântara)

Desejo toda a felicidade neste final de semana.
Um grande abraço

Poetiza disse...

Lili, tu eres poesia amiga. Que bello que estes siempre entre Cafe y Poesia. Besos, cuidate mucho.

Sonia Schmorantz disse...

Se me permitir, gostaria de publicá-lo também, achei lindíssimo!
beijos, ótimo final de semana

Andradarte disse...

Obrigado pelas palavras em 'MILHO'.
Compreendi e meditei.
Beijo

Andradarte disse...

Tomei o comentário como meu também.
A memória de elefante que desculpe.
Beijo

Eliana / Lu Maria disse...

Lili, este poema está muitoooo lindo. Perdoe-me a acepção, mas foi o que mais me tocou de todos que já li por aqui. Perfeito!

Bjos grandes e bom finds!
LU MARIA

Graça Pereira disse...

Lili, Minha querida:
Ás vezes, do caminho salta-nos uma pedra que não contávamos...nas é só uma questão de tempo, ela volta ao seu lugar, porque conhece o teu pisar! Um forte abraço da tamanho da nossa África Graça

AFRICA EM POESIA disse...

Verónica porque será?' tenta entrar
pela Outra Porta...
Arte lili laranjo

depois no lado direito tens os meus selinhos obrigada por gostares de passar por aqui...

um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Eduardo
a sua poesia sensibilizou-me...
Obrigada,

AFRICA EM POESIA disse...

Eduardo
a sua poesia sensibilizou-me...
Obrigada,

AFRICA EM POESIA disse...

Poetiza...

Fui tomar um café contigo e fico muito feliz

Um besito

AFRICA EM POESIA disse...

Sónia

Pode publicar
Eu tenho dito que depois do poema sair não é meu é mesmo de toda a gente.
o brigada pelo carinho...


beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Andradarte
poesia ´e assim...
o milho também serve para meditarmos... aliás tudo serve nós é que muitas vezes nãoparamos para pensar.
um beijinho

AFRICA EM POESIA disse...

Eliana/lu Maria

obrigada pela visita e fico felis por ver que a poesia a tocou...

um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Graça

As pedras aparecem quando menos esperamos.. e o meu caminho tem tido algumas muito grandes...mas eu...consigo saltar...

saudades de Africa...Sempre...


Milho


Milho
Milho rei...
Que enche a planície
Verde...
Toda verde...
Porque tu...
Milho...
Milho Rei...
Amarelo e...
Vermelho...
Cobres-te...
De folhas...
Folhas que te agasalham...
E te protegem...
E aí ... vais crescendo
E só adulto...
É que vais deixar
Que as tuas folhas verdes...
Fiquem amarelas...
E deixas que...
Te dispam
Para te poderem ter...




Lili Laranjo

Decio Bettencourt Mateus disse...

Lili Laranjo: vim - com agrado - admirar a sua arte. Suavidade, sensibilidade, leveza e amor. Eh o que sinto na sua poesia. Muita sensibilidade. Gostei muito. Voltarei sempre

AFRICA EM POESIA disse...

Decio
fico contente
por ter gostado e querer Voltar
Vai sentir que esta casa é tbm Sua.
Um beijo

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado