terça-feira, 7 de julho de 2009

MEIA-NOITE




MEIA-NOITE


Meia-noite
Meio-dia
Metade passou
Metade fica por passar
E à meia-noite
Eu acabo o dia
Deito-me devagarinho
E tento...
Que nesta meia-noite
E neste meio-dia
Eu fecho os olhos
E veja...
E não veja...
Pois...
Vejo o que quero
E o que não quero
E não vejo...
Não vejo nada
Mesmo nada
Porque eu digo
Que não vejo...
Porque depois de tudo
Tenho a certeza
Que vejo
Mas...
Que não vejo...
Pois...
Eu não quero mesmo ver!...

LILI LARANJO

46 comentários:

A Itinerante - Neiva disse...

Lilli,

Lindo poema. Sei bem como é não querer ver o que se está vendo. :D

Beijos! :DDD

* HADA ISOL disse...

Me encanta como escribes! es un placer pasar por tu espacio! un abrazo!

Vanilla disse...

Lili...
Obrigada pelo carinho, desejo uma semana abençoada p/ vc!
Tem um textinho lindo la na última postagem, depois dá uma olhadinha!
beijos

angela disse...

Tem coisas que é melhor não ver.
beijos amiga

Mateus Luciano disse...

meio a meio tal dia como a noite ,o começo e o fim,

Marcone França disse...

Que à meia-noite ou ao meio-dia teu coração sempre encontre Paz, serenidade.
Abraço!!!!

Andreia disse...

Olá querida quanto tempo!
Adorei seu poema. Nós só não vemos o que realmente não queremos ver...
Doces beijos e uma linda semana!!!

Sandra disse...

Vejo que vc. também gosta de poesias.
Deixo aqui um convite para me visitar. Vim atráves do blog do Emanuel Marques.
Quem sabe ser minha seguidora.
Com carinho
Sandra

Isabel Preto disse...

E tantas coisas boas e más se vão nesse meio-dia, meia-noite!
Que possas esquecer as más e guardar as boas...que à meia-noite, o sono livre das crianças te visite.
Beijinhos.

BEL disse...

Olá Lili

Obrigada pelo poema lindo que deixou no meu blogue, eu é que me sinto pequenina perto da grandeza como escreve e pelo carinho que transmite nos seus poemas sempre a maravilhar
Bem-haja por tudo
Um grande beijo
Bel

Rabiscando disse...

Um poema rico, onde o meio complementa tudo, mesmo q seja o não querer.

Úm ótimo dia prá vc!

1 beijo!

Pelos caminhos da vida. disse...

E outros e outros meia-noite virão.

beijooo.

Mariazita disse...

Olá, Lili
Felizes os que podem fechar os olhos ao que não querem ver...
e podem ver apenas o que lhes agrada!

Obrigada pela sua visita e lindo poema.

Um beijinho
Mariazita

introspectivasim disse...

Grande amiga!
Lindas palavras, como sempre!

Um grande beijo!!!

manuel marques disse...

Não se pode chegar à alvorada a não ser pelo caminho da noite .

Beijo querida amiga.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Lili
Todos vimos o mundo com os olhos que temos. Todos vimos o que nos acontece à luz das nossas experiências e dos nossos valores. Por vezes a realidade é diferente daquela que os olhos captam. Por vezes a realidade que os olhos captam é não é aquela que queremos ver.
Num poema a contradição pode ser essência. Gostei particularmente deste e é quase meia noite.

Abraço

lili laranjo disse...

Neiva é isso muitas vezes vemos mas sem ver porque não queremos mesmo ver...
um beijo

lili lara njo disse...

Hada isol
Me encanta que mis poemas te gustem
un besito

lili laranjo disse...

Vanilla
obrigada pela visita...
já vou ao seu cantinho ver o que deixou...
um beijo

lili laranjo disse...

Angela

É isso que eu penso ...muitas vezes é melhor mesmo vendo...não se vê...
Um beijinho

lili laranjo disse...

Mateus

Esperamos as horas...
os dias
o ser
e o não ser...
Mas...
Chegámos ao fim do caminho.

Beijos

bemviver disse...

Querida amiga por mais que se tente não ver sempre vemos, o que queremos e o que não queremos, considero uma coisa boa, ver é muito bom.
Obrigada por deixar poemas lindos no meu blog.
Meu carinho BJS.
DEUS te protege.

lili laranjo disse...

Andreia
os momentos nas nossas vidas não aparecem nunca por acaso..
Deixo um beijo e agradeço a poesia...

lili laranjo disse...

Sandra

Fiquei feliz por entrar aqui... vou já visitá-la e deixo um beijinho

lili laranjo disse...

Isabel Preto
Assim é ...
vamos fazendo uma escolha e guardad mesmo tudo que é bom...
beijinho para ti...

lili laranjo disse...

Bel

Passei no teu blog e deixei poesia .
senti saudades
Um beijo

lili laranjo disse...

Rabiscando

Os riscos e os rabiscos juntam letras e formam palavras e deixam poesia...

Um beijo

lili laranjo disse...

ana
Eu sei todos os dias há um novo dia...
beijos

lili laranjo disse...

Mariazinha
A vida é um corre corre mas quando queremos o sol brilha mesmo...
beijos

lili laranjo disse...

introspectivasim

Gosto de te ver aqui.
partilho contigo a minha poesia.


um beijo

lili laranjo disse...

Manuel
As tuas reflexões são sempre lindas e verdadeiras
Um beijo para ti...

Canduxa disse...

Lili,

O teu poder para ver e não ver é muito grande, assim como o teu poder para a poesia.
Transformas as palavras em poesia e o ver em não ver.
Isso é alquimia!
Beijo de luz

lili laranjo disse...

MARCONE
Obrigada pelo carinho...
Um beijo para ti

lili laranjo disse...

Silêncio Culpado

è quse meia noite... e a verdade é assim...
A contradição é uma capa...que por vezes nos ajuda.
MAs...A poesia é...MAGIA...
Um beijo e acredita...

Já tinha saudades de te ler...

lili laranjo disse...

benviver

è meia noite
E lendo o meu porma de meia noite...venho dizer...
Que tbm adoro...borboletas..

BEIJINHOS

Vanilla disse...

Lili...
Vc é muito querida!
Obrigada pelo carinho, saiba que sinto o mesmo!
beijos

Fatima disse...

Lili,
sinto como se vc escrevesse sobre
um pedaço de mim.
Bjs.

Fatima disse...

Lili,
sinto que vc escreveu sobre um pedaço de mim.
Bjs.

Canto da Boca disse...

Somos sempre metades, ao meu ver (ou ao que eu não quero ver), porque estamos sempre buscando algo que nos falta... De clique em clique, cheguei ao teu blog, e o nome "África em Poesia", saltou-me aos olhos e bateu fundo no coração. Acabei de chegar de Cabo Verde e eainda estou impregnada pelo país, pelas gentes e pela sensibilidade que como uma bruma, envolvem todos e todas. Parabéns pelo blog!
;)

mundo azul disse...

_________________________________

...e entre o ver e o não ver, adormecemos...

Deixar de ver, não podemos, mas, escolher ao que dar importância, de tudo que vemos...Isso podemos!


Adorei o jogo de palavras!

Beijos no coração e o meu carinho...

__________________________________

Argos disse...

Lili,

Meio-dia/ meia-noite
Meio…meio…as vezes somos sempre metade…
Ver ou não ver?

lili laranjo disse...

Canduxa


Andei pelo porto o dia todo...

agora venho ver os meus amigos e saber que é mesmo a alquimia do Amor...
um beijinho com poesia para ti

lili laranjo disse...

VANILLA


Um beijo...e deixo para ti...
CRUZAR

Cruzar letras...
Formar palavras...
E deixar no ar...
dúvidas e certezas....
As letras têm...
Essa magia...
Basta que nós...
Sintamos a vontade...
De escrever ,de cruzar...
De formar palavras...
De partilhar tristezas e alegrias...
Só assim...olhámos e sentimos que...
Fizemos poesia...

lili laranjo disse...

Fátima
é bom quando lemos algo e nos sentimos lá...
Isso é mesmo...POESIA...


beijos

lili laranjo disse...

Canto da Boca
e eu em março fui Até S.Tomé e Principe
a magia continua.
Espero que venhas mais vezes...
um beijo

lili laranjo disse...

Mundo azul
È bom cruzarmos palavras.. Trocar o sim pelo não...
o preto pelo branco... o feio pelo bonito ou o bonito pelo feio...
beijos


CRUZAR

Cruzar letras...
Formar palavras...
E deixar no ar...
dúvidas e certezas....
As letras têm...
Essa magia...
Basta que nós...
Sintamos a vontade...
De escrever ,de cruzar...
De formar palavras...
De partilhar tristezas e alegrias...
Só assim...olhámos e sentimos que...
Fizemos poesia...


Lili Laranjo "Reticências Apenas..."

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado