quarta-feira, 25 de março de 2009

GAIVOTA


Gaivota...

Linda...
E triste...
Hoje...
Vi-te só...
Na praia deserta...
Com a tua...
Asinha partida...
E eu olhei...
Vi-te...
Arrastares-te pela praia...
Abandonada...
E sofrida...
E eu...
Vim contigo...
No meu pensamento...
Porque...
Os teus amigos...
Foram embora...
Em bando...
Unidos...
E felizes...
Porque voavam...
E tu...
Porque não voas...
Ficaste só...
E certamente...
À espera do fim...

(Costa Nova)


LILI LARANJO

6 comentários:

Taninha Nascimento. disse...

Lindo poema...

A vida é bem assim.

Beijos, Taninha

Dalinha Catunda disse...

Oi Lili,
Obrigada pela explicação sobre a flor de porcelana.
E parabéns por mais esse belo post.
Você sabe usar muito bem palavras e cores.
Beijos,
Dalinha

lili liaranjo disse...

TANINHA
A vida é mesmo assim.
Cada um a olhar para si e sem se importarem com o outro.
Como era bom que o mundo fosse diferente.
um beijo e volta sempre...

lili laranjo disse...

Dalinha

A flor d é mesmo mágica.
Deixo um abraço bem forte pois já a sinto da família.
Um beijo

Noah disse...

Nossa,
Estou maravilhada, encantada, precisarei voltar para te deixar dito algo racional.
Por enquanto agradeço imensamente à Isabel nossa aproximação.
Como te chamo? Cidalia? Ou preferes outro?
Imenso prazer em te conhecer

lilil laranjo disse...

Noah
As coisas nunca acontecem por acaso.
Eu fico contente por te ver aqui.
Vou mesmo esperar que voltes ...AQUI...
...
Tanto me podes tratar por cidalia ou por Lili...
è mesmo...igual...

Um beijoooooooo

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado