segunda-feira, 23 de março de 2009

ÁFRICA


CACIMBO, molhado e miudinho...
POENTES DE SONHO, que me levam para lá...
ALVORADAS , de alegria...
NATUREZA, de vida e de Amor...
DISTÂNCIA, que cabia no coração...
CHILREAR, dos pássaros livres...
ÁGUA, pura e cristalina da Capôpa...
PRAIA, longa, onde todos cabiam...
CHUVA, molhada que secava num instante...
SOM, do batuque e dos tambores...
AMIZADE, sem cobrar nada em troca...
ESPAÇO, largo, estreito, comprido e curto...
TEMPO, vivido e tempo fugido...
ANGOLA, para sempre o meu querer e o meu doer!...

LILI LARANJO

4 comentários:

manzas disse...

Engano com palavras mudas o grito que cala
Esperanças na ponta da lança que fere o peito
Atingindo sentimentos sentidos por defeito
Descritos pelo som da escrita, que por si fala

Passando para agradecer a gentil visita
Retribuindo de uma forma que emana
Em aqui estar e ler sua sublime escrita
E desejar-lhe uma extraordinária semana

O eterno abraço…

-MANZAS-

lili laranjo disse...

Manzas

Para ti também uma boa semana...
Um beijo e volta sempre!...

direitinho disse...

Gostei dos seu poemas. Tem uma escrita suave e que nos vai aumentando o desejo de entrar e beber nestas fontes cristalinas.
Agradeço a sua passagem no lidacoelho e se não me levar a mal pediria só uma coisinha:
O contraste não deixa ver o brilho da sua poesia.
Procure um fundo diferente Sim..?

lili laranjo disse...

meu Amigo
Obrigada pela sua presença aqui e por gostar da minha poesia ...fico feliz por isso.
Agradeço a opinião do fundo ...acho sempre as opiniões muito válidas.
obrigada pela sinceridade...

um beijo

Momentos

CLIC PARA VER TODAS AS FOTOS

Da Rose para mim

Da Rose para mim
Belo SELo Guardo-o com Carinho

Sor Cecilia obrigada

Sor Cecilia obrigada
Estoi a tu lado